Blog / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Sem categoria

STF proibir financiamento de empresas agradou muito o PT: entenda o motivo

O PT gostou da medida pois, além de operar sempre às margens da lei, já conta com financiamento público via "imposto sindical"

O PT gostou da medida pois, além de operar sempre às margens da lei, já conta com financiamento público via “imposto sindical”

A decisão do STF de proibir financiamento de empresas às campanhas eleitorais é um marco na política nacional, não necessariamente do ponto de vista positivo. Alguns estão celebrando, mas o fazem ou por romantismo ou por má-fé.

Os românticos acham que basta tornar ilegal o financiamento de empresas para acabar com a corrupção, o que é uma ingenuidade ímpar. Os canalhas estão de olho nas oportunidades que essa decisão abre para quem gosta de operar nas sombras.

Já expliquei aqui que o financiamento público de campanha, bandeira petista, não é a solução. O problema maior é que o prêmio pela captura da máquina estatal é elevado demais em nosso país. Mas claro que a esquerda prefere ignorar isso e focar nos sintomas, como sempre faz.

Mas basta refletir um pouco sobre quem vai se beneficiar com essa medida para compreender melhor o que está em jogo. Os partidos maiores ganham, em primeiro lugar, pois ficam com a maior parte do fundo partidário, a estatização da política nacional.

Além disso, aqueles que aceitam operar nas sombras, que vêm do crime, que já praticam “caixa dois”, também ganham, pois vão continuar fechando parceria com as empresas grandes, mas à margem da lei, como já fazem, inclusive. Os corruptos, portanto, aplaudem a medida pois ela dificulta a vida de quem negocia apoio com transparência.

Por fim, aqueles partidos ligados aos “movimentos sociais” e sindicatos adoraram a medida, pois essa turma já recebe um naco enorme de financiamento público. A CUT, por exemplo, abocanha parcela significativa do “imposto sindical”, e poderá continuar fazendo campanha paralela para o PT. Quem já mama nas tetas estatais saiu, portanto, ganhando com essa medida.

Por isso que, como informa a coluna de Ilimar Franco no GLOBO de hoje, os petistas soltaram fogos de artifício com a decisão do STF:

ilimar

E, como o leitor atento já deve ter percebido por agora, não há forma mais fácil de avaliar se uma medida é boa ou ruim para o Brasil do que ver qual lado o PT toma: se o “partido” defende algo, ele com certeza é prejudicial ao país, e vice-versa. Ou alguém ainda não entendeu que o PT tem feito de tudo para destruir de vez com nosso querido país, sua economia e sua democracia?

Rodrigo Constantino

Sobre / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

<
<

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito