Blog / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Cursos

Como a liberdade econômica pode beneficiar a economia

Quem conhece as bases da economia sabe que o mecanismo de incentivos é fundamental, e por isso mesmo é preciso garantir o máximo possível de liberdade para os indivíduos e empresas, em um ambiente de livre concorrência. Somente assim a “mão invisível” pode realizar seu “milagre”.

            Na introdução do meu livro Privatize Já, expliquei em linguagem bem simples esse fenômeno: “Ninguém cuida tão bem de um carro alugado como o faz com o próprio carro. Desconheço pessoas que lavam os carros alugados, por exemplo, para devolvê-los à locadora em estado impecável. Ou então, que escolhem a melhor vaga para estacionar e têm todo o cuidado para não desgastar os freios ou o motor, como ocorre com frequência quando se trata do próprio carro, no país onde somente o futebol rivaliza com o automóvel em paixão nacional.”

Essa constatação parece boba, mas suas implicações são enormes.

Ela fala daquilo que é bastante evidente para quem tem filhos pequenos, mas que, infelizmente, alguns filósofos influentes ajudaram a desvirtuar: a importância do sentimento de posse para os devidos cuidados do bem em questão.

Toda criança, logo cedo e de forma um tanto natural, gosta quando descobre ser dona de alguma coisa. Aquele brinquedo é dela, é sua propriedade.

Muitas, inclusive, tentam se apropriar da propriedade alheia nos parques públicos, adotando desde cedo a “lei da selva”. Cabe aos pais educar seus filhos e ensinar o devido respeito à propriedade privada. Não se deve mexer no que é dos outros sem antes pedir.

Conceito de propriedade

O fato de que cuidamos melhor do que é nosso não deveria ser motivo de muita discussão. Qualquer pessoa sabe disso. Nossa casa própria merece um carinho todo especial, que dificilmente a casa alugada receberá. O mesmo vale para nossos filhos. Os pais investem no relacionamento com foco no longo prazo, porque estão falando de seus filhos, não de estranhos.

Essa analogia já é suficiente para dar uma ideia de como a liberdade econômica costuma trazer o progresso: é por acertar no mecanismo de incentivos, dado que o homem é como é. E as estatísticas corroboram essa teoria.

Dados estatísticos

            O Índice de Liberdade Econômica, calculado pelo Heritage Foundation, compara os países com base em alguns quesitos que medem justamente o grau de abertura comercial, respeito aos contratos, garantia da propriedade privada, facilidade de abrir e fechar empresas e participar livremente do mercado.

            Os países mais livres, sem surpresa alguma para quem é versado nas boas teorias econômicas, são também os países mais bem colocados no Índice de Desenvolvimento Humano e outros que medem a qualidade de vida das populações.

            Ao retirar as amarras estatais e liberar o gênio da criatividade individual, a maior liberdade econômica possibilita o desenvolvimento econômico da sociedade, enriquecendo a todos, ainda que em proporções desiguais.

Em linhas gerais, este é o primeiro passo. Mas é possível desenvolver melhor esse ponto, compreendendo em mais detalhes as vantagens da liberdade econômica. Para isso, só se aprofundando mesmo no estudo da economia.

No meu curso “Bases da Economia – entendendo o funcionamento do Mercado”, você terá essa oportunidade. É um curso completo sobre Economia de Mercado, que ajuda a entender as engrenagens que movimentam o dinheiro do mundo, seja na quitanda do bairro, seja na corporação multinacional.

Com esses conhecimentos você está preparado, também, para proteger seus investimentos contra os muitos erros do governo na economia. Ao final de cada aula há uma sessão de perguntas e respostas, e você recebe acesso ao grupo de discussões no Facebook, onde alunos e ex-alunos trocam ideias e experiências sobre os assuntos abordados.

Vamos começar? Será um prazer ter você como aluno.

Bases da Economia – Entendendo o funcionamento do Mercado

Rodrigo Constantino

Sobre / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito